Malhação na Gestação?!?

(0) comentários

crescimento do bebê

Vi esse vídeo num site com a seguinte frase:
Você gosta de malhar? Frequenta academias? Esta grávida e agora esta na dúvida se pode continuar a pegar pesado e usar pesos?
Pois então para vocês trago abaixo um vídeo mostrando uma grávida fazendo tudo isto e muito mais:

Como se todas as gestantes pudessem realmente fazer esses exercícios, eu acredito que essa gestante do vídeo é uma atleta e estava querendo mostrar algo com o vídeo, pois tem vários exercícios que ela faz que é contra-indicado para gestante por correr o risco de ter um deslocamento de placenta entre outros, resolvi então fazer relatar algumas orientações sobre os exercícios leves, moderados e exercícios vigorosos.
Acredito que toda gestante deve sim fazer alguma atividade física na gravidez, porém sempre falo com minhas gestantes: nada de querer se tornar atleta durante a gravidez. 
“O exercício físico deve ser leve ou moderado, de baixo impacto, com uma hora de atividade, três vezes por semana em média”
Os exercícios mais indicados para as gestantes que não são atletas são:
·        – Atividades dentro da água, que causem menor impacto e tirem o peso da força da gravidade, como natação e hidroginástica. (Sempre lembrando que a água não deve ser muito quente e que a limpeza da piscina deve estar em dia, o ideal é procurar um lugar que dê aulas específicas para gestante)
·         – Ioga para gestante;
·        –  Pilates para gestante;
·         – Grupo de exercício para gestante;
·        –  Fisioterapia para gestante;
·         – Caminhada bem orientada (evitar subidas e descidas muito íngremes).
Quis enfatizar o PARA GESTANTE, pois muitas vezes encontro gestantes realizando esportes ideais para elas (ioga, pilates, grupo de exercício), porém exercícios que não poderiam ser indicados na gestação.
Então sempre procurem algum professor especialista na área de Obstetrícia (fisioterapeuta, educador físico), para que ele oriente o melhor exercício para a fase que se encontra.
Exercícios que devem ser evitados, se não for atleta:
·       – Corrida,
·       –  Aulas de jump,
·       – Step e outras atividades de alto impacto.
 “Esses exercícios podem comprometer a gravidez e trazer malefício pelo impacto dentro do abdômen, causando, inclusive, descolamento de placenta nos primeiros meses de gravidez”

Além desse risco, exercícios vigorosos podem provocar também torções e lesões nas articulações. 

“Na gravidez, há um amolecimento das articulações. Isso se deve a um hormônio chamado de relaxina. Também há mais líquido também nas articulações, que ficam mais instáveis, facilitando torções no pé e no joelho”

Com o exercício moderado, aumenta o fluxo de sangue para o feto.

Fica mais fácil também para a mãe enfrentar as diversas mudanças que acontecem no seu corpo durante os meses de espera. 

Modificações básicas durante a gestação:

·         Aumento uterino em até 1000 vezes (seu peso pode chegar a 6kg);
·         Com o crescimento uterino, há relaxamento dos ligamentos intercostais e a ascensão do
    diafragma, levando à expansão da caixa torácica;
·         Hiper-relaxamento ligamentar;
·         Instabilidade das articulações dos joelhos e dos tornozelos;
·         Maior mobilidade da coluna e do quadril;
·         Projeção do corpo à frente, com a distensão dos músculos abdominais devido ao aumento do volume uterino;
·         Diminuição do comprimento do passo;
·         Para manter o equilíbrio, a gestante aumenta a base de sustentação através do afastando dos pés. Esta posição acentua a lordose lombar, a qual é compensada pelo aumento na cifose torácica  acompanhada da rotação dos ombros e projeção da cabeça à frente. 
A atividade física traz os seguintes benefícios:
·         – Aumenta o consumo energético da mãe (controlando peso);
·         – Melhora sua auto-estima; o humor;
·       –   Melhora do equilíbrio corporal;
·       –   Reduz certos desconfortos da gravidez e necessidade de medicamentos (dor lombar, inchaços);
·         – Melhora da respiração (exercícios leves a moderados podem melhorar o condicionamento cardiorrespiratório da mãe, visto que nesta fase há uma maior pressão do diafragma pelo útero, causando uma sensação de dispnéia, não sendo indicado para exercícios intensos);
·        –  Permiti a ela um retorno mais rápido ao seu estado normal após o parto (em torno de 50% a mais do que as que não exercitam)
·       –   Exercícios bem orientados durante a gravidez têm vantagens no parto, ou seja, o tempo de expulsão é mais curto (cerca de 1/3 mais rápido – quanto mais condicionada a mãe maior capacidade da expulsão ela terá) e as dores do parto menores;
·         – O exercício fortalece e torna o útero mais elástico. 
Além disso, mulheres que se exercitam na gravidez mostram-se mais equilibradas emocionalmente durante o momento do parto.
Riscos de um exercício mal orientado:
·         – Hipóxia fetal (insuficiência do oxigênio – Tal redução está diretamente relacionada à intensidade e duração do exercício);
·       –   Hipertermia fetal (aumento da temperatura),
·        – Parto prematuro,
·      –  Menor peso fetal,
·       –   Diabetes gestacional,
·      –    Risco de aborto espontâneo.
Esses são alguns dos riscos que podem acontecer durante a gravidez. 
É imprescindível o acompanhamento de um médico especialista para avaliar possíveis riscos e de um profissional de educação física/fisioterapeuta para a elaboração de um programa adequado.
Este artigo pertence ao http://gestavida.blogspot.com/
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Ícone compartilhar | GestaVida Blog compartilhar
Ícone comentarios | GestaVida Blog VER COMENTÁRIOS
Autor do Post | GestaVida Blog
Escrito por:

GestaVida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(0) Comentários
  • binance us registrati

    I don't think the title of your article matches the content lol. Just kidding, mainly because I had some doubts after reading the article. https://accounts.binance.com/it/register?ref=53551167

  • binance carta

    Thanks for sharing. I read many of your blog posts, cool, your blog is very good.

Inscreva-se na
Trilha da Gestante Gestavida

e receba conteúdos
feitos para você