Pesquisador internacional conta pesquisa de como proteger o períneo no pré e pós parto

(0) comentários

Cesárea

Tomara que aqui siga o exemplo de outros países que indicam a fisioterapia uroginecológica pré e pós parto para prevenção de Incontinência Urinária e fecal, lembrando que é indicação para qualquer tipo de gestante independente da via de parto.

O fisioterapeuta especializado em uroginecologia e pesquisador do Departamento de Epidemiologia e  Urologia da Universidade de Maastricht da Holanda, Bary Berghmans, esteve nesta sexta-feira (8) no anfiteatro 1 da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp participando do evento Atualidades em Urofisioterapia. 
Berghmans foi convidado pela disciplina de urologia do Departamento de Cirurgia da FCM para falar sobre o projeto Mother Fit e participar de debates sobre avaliação e disfunção do assoalho pélvico, bexiga hiperativa, incontinência fecal e outros temas relacionados com linhas de pesquisa desenvolvidas na Unicamp. 
O projeto Mother Fit tem como objetivo evitar que as mulheres possam desenvolver alguma disfunção pós-parto no assoalho pélvico – musculatura na região da bacia, que envolve a bexiga, intestino e útero –, entre elas a incontinência urinária e a fecal. Berghmans iniciou a pesquisa em 2006 na Universidade de Maastricht após o acesso aos dados dos gastos governamentais com tratamentos das disfunções do assoalho pélvico. Atualmente, pretende disseminar o projeto em outros países. 
“Percebemos que o gasto era equivalente aos tratamentos do câncer e da AIDS. Então, buscamos desenvolver uma pesquisa para identificar o problema e encontrar soluções viáveis”, explicou Berghmans.
Segundo o professor e urologista da Unicamp Carlos D´Ancona, desde 2001 existe uma relação muito forte entre a disciplina de urologia da FCM e a Universidade de Maastricht. Há parcerias em pesquisas na área de eletromodulação e eletroestimulação do assoalho pélvico para o tratamento de disfunções urinárias. “Estamos fazendo o convite para Bary ser professor-convidado da Unicamp e fazer parte do quadro de docentes da FCM”, revelou D’Ancona.

Na programação da disciplina de urologia ainda existe para o segundo semestre outros eventos para discutir a incontinência urinária na criança, no homem e na mulher em diferentes situações. Bary Bergmans é director do Pelvic Care Center Maastricht da University Hospital Maastricht (Holanda), professor convidado da Hogeschool Zuyd, da Holanda e da Universidade Católica do Paraná. É professor e prelector em diversos cursos e congressos em todo o mundo.

Autor de diversos artigos e livros científicos, dentre eles “Urofisioterapia – Aplicações clínicas das técnicas fisioterapêuticas nas disfunções miccionais e do assoalho pélvico”, editado pelo professor Paulo Palma, da FCM da Unicamp. 
É presidente do Cochrane Collaboration Urinary Incontinence Review Group for the review of electrical stimulation for urinary incontinence e membro de diversos comitês da International Continence Society, International Consultation of Incontinence, Royal Dutch Association of Physiotherapists e Royal Dutch Association of Physiotherapy.

É responsável pela elaboração de guidelines internacionais sobre  incontinência urinária e fecal e revisor científico de diversas revistas científicas relacionadas com a Uroginecologia, Epidemiologia e Fisioterapia, tais como: Journal of Urology, The European Journal of Urology, Urology, Journal of Clinical Epidemiology, Clinical Rheumatology, Neuro-urology & Urodinamics, International Urogynecological Journal e The Cochrane Collaboration Library.

Texto e imagem: Edimilson Montalti
ARP – FCM
Unicamp

Este artigo pertence ao http://gestavida.blogspot.com/
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Ícone compartilhar | GestaVida Blog compartilhar
Ícone comentarios | GestaVida Blog VER COMENTÁRIOS
Autor do Post | GestaVida Blog
Escrito por:

GestaVida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(0) Comentários
  • nimabi

    Thank you very much for sharing, I learned a lot from your article. Very cool. Thanks. nimabi

  • gate io

    Reading your article helped me a lot, but I still had some doubts at the time, could I ask you for advice? Thanks.

Inscreva-se na
Trilha da Gestante Gestavida

e receba conteúdos
feitos para você