Amamentação garante melhor condição física na adolescência

(0) comentários

Amamentação

Ingestão de leite materno até os seis meses deixam músculos mais fortes
A amamentação de recém-nascidos traz muitas vantagens no curto e no longo prazo para os bebês. Entre elas, uma recém-descoberta indica, que a amamentação dá ao filho uma melhor resistência física no futuro. Um estudo da Universidade de Granada, na Espanha, descobriu que adolescentes que foram amamentados ao nascer têm os músculos da perna mais fortes do que aqueles que receberam leite artificial.
Os adolescentes que foram amamentados entre os três e cinco meses, ou por mais de seis meses, apresentaram metade do risco de ter baixo desempenho no exercício de saltos quando comparados com aqueles que nunca haviam sido amamentados. 
Pais de 2.567 adolescentes informaram aos pesquisadores qual foi o tipo de alimentação dada aos seus filhos ao nascer e o tempo em que isso durou. Os adolescentes também realizaram testes físicos para avaliar várias habilidades tais como capacidade aeróbica e força muscular.

O estudo mostra que os adolescentes que foram amamentados quando bebês têm músculos mais fortes nas pernas do que aqueles que não foram. Além disso, a força muscular da perna apresentou-se maior naqueles que haviam sido amamentados por um período maior de tempo.

Este tipo de alimentação (exclusiva ou em combinação com outros tipos de alimentos) está associada com um melhor desempenho no salto horizontal por meninos e meninas, independentemente de fatores morfológicos, como a quantidade de gordura, altura do adolescente ou a quantidade de músculo.

Enrique García Artero, o principal autor do estudo, afirmou que até agora nenhum estudo examinou a associação entre amamentação e aptidão muscular no futuro.

– Nossos resultados, no entanto, concordam que outras condições, tais como o peso ao nascer, estão positivamente relacionadas com a melhor condição muscular durante a adolescência.

Benefícios da amamentação

O pesquisador o quanto a amamentação é importante para a saúde da criança no futuro.
– Se todas as crianças fossem amamentadas a partir do nascimento, seria possível poupar cerca de 1,5 milhões de vidas.
Segundo a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), o leite materno é considerado o “alimento perfeito” para ser dado ao bebê como único alimento durante os primeiros seis meses de vida e até os dois anos.

Quanto ao recém-nascido, a vantagem nos primeiros anos de vida incluem a proteção imunológica contra alergias, doenças de pele, obesidade e diabetes, bem como a garantia do crescimento, do desenvolvimento e da inteligência do bebê.

A amamentação também traz benefícios a mulher tais como redução da hemorragia pós-parto, diminui o risco de anemia, de mortalidade materna e o risco de câncer de mama e ovário. Além de fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e filho.

Do R7
Este artigo pertence ao http://gestavida.blogspot.com/
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Ícone compartilhar | GestaVida Blog compartilhar
Ícone comentarios | GestaVida Blog VER COMENTÁRIOS
Autor do Post | GestaVida Blog
Escrito por:

GestaVida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(0) Comentários

Inscreva-se na
Trilha da Gestante Gestavida

e receba conteúdos
feitos para você